Pesquisar neste blog

14.9.09

"Nesse Dia"




“Nesse dia” 11 de setembro de 1973, Salvador Allende era assassinado.

Não vou renunciar! Colocado numa encruzilhada histórica, pagarei com minha vida a lealdade ao povo. E lhes digo que tenho a certeza de que a semente que entregamos à consciência digna de milhares e milhares de chilenos, não poderá ser ceifada definitivamente. [Eles] têm a força, poderão nos avassalar, mas não se detém os processos sociais nem com o crime nem com a força. A história é nossa e a fazem os povos. Viva o Chile! Viva o povo! Viva os trabalhadores! Estas são minhas últimas palavras e tenho a certeza de que meu sacrifício não será em vão. (Allende em 11 de setembro)

Nesse dia 11 de setembro de 1973, Salvador Allende, presidente democraticamente eleito do Chile era brutalmente assassinado.
Eram assassinados também, mais de uma dezena de militantes de esquerda de seu governo, e militantes do MIR que faziam sua segurança.
Allende e o pequeno grupo dispensaram todas pessoas de dentro do palácio La Moneda, e mantiveram-se na sede do governo até o fim.
Teve-se o início do bombardeio.

Os assassinos são públicos, a CIA Americana e os Militares Chilenos, em especial o General Augusto Pinochet, hoje tido como um dos maiores criminosos do planeta, facínora comparado a Hitler. Na arquitetura do golpe estava ainda a Igreja Católica (através de seu Partido Cristão) e a burguesia Chilena. Mais de 1 milhão de pessoas foram as ruas no Chile.

Manter viva a memória de Allende, é seguirmos construindo a autogestão dos trabalhadores/as, a construção do “poder popular”, elemento central no Governo de Allende que sucitou o golpe.

Vamos registrar aqui a cada 11 de setembro o brutal assassinato de um líder e de um povo, por que não esquecer destes momentos é de fundamental importância para eles não retornarem mais.

Salvador Allende – Presente.

2 comentários:

claudiozani disse...

Sim, companheiro, Salvador Allende - Presente!

Saudações socialistas,

Cláudio Zani

Anônimo disse...

http://www.brasilautogestionario.org/2009/09/nesse-dia-11-de-setembro-de-1973-salvador-allende-era-assasinado/